De que forma a Lua afeta o comportamento dos animais?

Alyne 10 de setembro de 2013 0

Há muitos mitos e fábulas associados aos efeitos da Lua no comportamento de animais, especialmente na sugestão de que certas espécies ficam um pouco loucas em períodos de lua cheia, por exemplo. Todo mundo já escutou histórias de como os animais se modificam de acordo com as fases do astro, podendo ficar mais agressivos ou entrar em ciclos reprodutivos.

Pesquisadores interessados nesses hábitos diferenciados dos animais tentam entender quais são as relações possíveis entre essas mudanças comportamentais e o ciclo lunar. Em geral, o que se descobriu é que há sim uma correlação direta entre os eventos, mas por motivos bem menos sobrenaturais do que gostaríamos de escutar.

A lua cheia fornece uma iluminação noturna mais forte que é assimilada e traduzida de diferentes formas por cada espécie. Para alguns animais, o evento pode marcar o tempo para sincronização de ciclos (reprodutivos ou de caça). Para outros, a luz da lua cheia pode facilitar a comunicação visual à noite, o que pode ser útil para predadores e um temor para suas presas.

Confira algumas das mudanças mais interessantes do comportamento animal causadas pelo ciclo lunar:

1. Leões matam mais após a lua cheia

10454758711112537

Leões e outros predadores atacam mais na semana seguinte a uma lua cheia. Isso ocorre porque as primeiras horas da noite são mais escuras na semana depois da lua cheia e os leões estão mais famintos devido ao fracasso na caça durante as noites anteriores, mais iluminadas.

2. Texugos fazem mais xixi na lua nova

1045475871111279

Com o aumento da escuridão da lua nova, quando a Lua está entre a Terra e o Sol de tal forma que a face voltada para nós não recebe luz solar diretamente, os texugos aproveitam para se acasalarem com mais segurança. E a maneira como eles se preparam para esse momento é marcando territórios com xixi. É, portanto, durante essa fase lunar que eles erguem as patinhas com mais frequência.

3. Morcegos atacam menos na lua cheia

10454758711112743

Morcegos, inclusive a espécie de morcegos-vampiros que se alimentam de sangue, atacam menos nas noites de alta luminosidade. Isso ocorre como forma de preservação, pois eles estariam mais visíveis aos predadores em dias de lua cheia.

4. Corais se reproduzem em uma noite específica de dezembro

10454758711112821

Todo ano no mês de dezembro, os corais ao longo da costa da Austrália sincronizam o maior lançamento de ovos e esperma da Terra. Embora uma variedade de fatores ambientais também influencie o evento, como a temperatura, a salinidade e a disponibilidade de alimento nas águas, os pesquisadores descobriram que o nível de irradiação lunar tem papel fundamental.

5. Espécies de pássaros caçam melhor na lua cheia

10454758711112844

Os bacuraus, também conhecidos como curiangos, são pássaros que dependem fundamentalmente da visão para encontrar suas presas (insetos em geral). Por essa razão, eles enxergam melhor em noites de lua cheia e evitam sair em dias de maior escuridão.

6. Escorpiões brilham de acordo com a intensidade do luar

1045475871111296

Um dos fenômenos mais interessantes relacionados ao comportamento dos animais e ao ciclo lunar ocorre com os escorpiões. Esses aracnídeos brilham conforme a intensidade da luz da Lua. Como são caçadores noturnos, essa particularidade da espécie serve como instrumento para os escorpiões saberem se há segurança para saírem de suas tocas.